Arquitectura

Edifício do

PARQUE

O Edifício do PARQUE vem preencher uma lacuna na oferta habitacional na cidade de Loulé. Sendo um condomínio fechado pensado para a sustentabilidade, este projeto, desenhado pelo Atelier Carvalho Araújo, resulta do equilíbrio entre um estilo de vida descomprometido e uma elegância intemporal.

O Edifício do PARQUE defende uma relação privilegiada com as áreas verdes exteriores. Nos espaços comuns do condomínio são criadas soluções que vivem, frequentemente de áreas amplas, envidraçadas, com luz natural.

Plano geral

Os apartamentos, desenhados com duas frentes, reforçam a relação com o exterior, garantindo a presença da luz natural durante grande parte do dia e permitindo uma organização flexível com liberdade de uso.

A aparente simplicidade do espaço, aliada a uma escolha precisa de materiais, definem o conforto e tornam este edifício, constituído por 18 apartamentos, de tipologias variadas (T1/ T3/ T4), único no contexto da cidade.

Espaços comuns

Piso Social

A área comum do edifício apresenta uma relação privilegiada com as áreas verdes exteriores, sendo também a área onde se encontra contemplada a piscina comum.

Exterior

Fachada

A fachada do Edifício do PARQUE parte de um princípio de simplicidade, que abrange a imagem e o desenho da estrutura e define a identidade do edifício. O seu desenho mínimal não anula uma leitura dinâmica da fachada, resultante de uma presença mais ou menos evidente das guardas do edifício. O programa das habitações unifamiliares definem o remate do mesmo.

Interior

Apartamento

Sempre com o intuito de pensar a arquitetura como um espaço de contemplação e bem estar, cada apartamento é composto, pelo menos, por duas frentes, permitindo uma organização mais flexível do espaço e criando ambientes acolhedores através da luz natural. Nos quartos, mantém-se a mesma filosofia, tornando-se espaços ideais para momentos de repouso e meditação.

Atelier

Carvalho Araújo

Natural de Braga, Portugal, e reconhecido internacionalmente por projetos que interagem em harmonia com o local onde se inserem, José Carvalho Araújo tem uma arquitetura que sintetiza conceitos complexos em desenhos simples e contemporâneos. Sua prática projetual é aliada a uma visão mais estratégica, procurando diferentes abordagens nos campos da arquitetura, design de produto e direção criativa. Os projetos e produtos Carvalho Araújo caracterizam-se pela elegância, em uma atitude de contenção formal, valorizando a qualidade do desenho, das proporções e dos materiais. O desenho não é motivo para exibicionismo, mas antes um ato perfeitamente racional e simultaneamente poético.

José Manuel Carvalho Araújo

“A arquitetura é demasiado importante para se cingir apenas à construção... Tem de funcionar quase como um lugar de culto, capaz de provocar sensações, arrepios, e outras coisas que não se expliquem.”